Enxerto Ósseo Curitiba

enxerto osseoO enxerto ósseo é o procedimento que visa o aumento da espessura do osso possibilitando a colocação de implantes dentários.

Acontece que a viabilidade dos implantes dentários dependem da existência de osso em quantia e qualidade suficiente para serem colocados. Por isso, o enxerto ósseo faz-se necessário quando há uma perda óssea que inviabiliza a acomodação dos implantes. A perda óssea pode ocorrer pelo o uso de diferentes tipos de dentaduras, por lesões, fraturas, doenças periodontais, traumas ou acidentes, por falta de osso na região maxilar ou pela perda de um ou vários dentes.

O osso da maxila e mandíbula possui regiões em que se apresenta mais poroso ou menos poroso, mais curto ou mais longo, mais estreito ou mais espesso. Essa variação é o que determina se haverá reabsorção óssea maior ou menor. Ou seja, é muito particular a necessidade de enxerto. A causa da perda dentária também influencia na reabsorção.

O osso usado para preencher a perda óssea dentária pode ser o do próprio paciente e é conhecido como enxerto autógeno. Nessa situação, as chances de rejeição do enxerto são quase nulas. O procedimento também pode ser realizado com biomateriais recomendados pelo especialista. Há várias marcas disponíveis no mercado.

Geralmente, os implantes dentários só podem ser instalados após o período de cicatrização óssea, que leva de seis a doze meses após o enxerto ósseo. Em casos específicos, é possível fazer a colocação dos implantes logo após o enxerto ou ao mesmo momento, diminuindo o número de procedimentos cirúrgicos.

O processo é delicado e deve ser feito com segurança. Por isso, procure o CEOPAR e realize uma avaliação com profissionais que possuem experiência na realização de enxerto ósseo em Curitiba.