Prótese Dentária Ponte Fixa

A prótese dentária ponte fixa é uma forma de substituir dentes perdidos sem utilizar um implante dentário.

A necessidade de preencher espaços vazios na boca, em decorrência da perda de dentes por traumas ou doenças, surgiu muito antes da existência dos implantes dentários.

Atualmente, a odontologia moderna tem em abundância acesso a implantes dentários modernos de eficácia comprovada. Porém, antes dessa revolução acontecer, a odontologia especializada supria a necessidade de substituição dos dentes de forma criativa e inventiva.

As próteses dentárias ponte fixa receberam esse nome por agir de forma similar a uma ponte. Nessa técnica, os dois dentes adjacentes ao dente perdido são desgastados para serem substituídos por coroas dentárias.

Essas coroas são ligadas a uma coroa central ao meio, suspendendo essa terceira coroa sobre o espaço vazio do dente.

A higienização do local é um pouco diferente, mas as próteses dentárias ponte fixa são eficazes, comprovadas e foram utilizadas por décadas por proporcionar resultados funcionais e estéticos.

Atualmente, a primeira indicação para a reposição de um dente perdido, por motivos óbvios, será a realização do implante dentário, evitando o desgaste dos dentes adjacentes de forma desnecessária. Porém, a prótese dentária ponte fixa é recomendada quando não há possibilidade de colocação do implante dentário. Em alguns casos, para colocação do implante dentário, é necessário aumentar a quantia de osso e para evitar cirurgias maiores como a de enxerto ósseo, pode ser usada uma prótese dentária ponte fixa.

As próteses dentárias ponte fixa têm todas as vantagens das coroas dentárias e dos blocos onlay, inlay e overlay, são confeccionadas em porcelana e por isso, resistentes a manchas e mudança de coloração por hábitos alimentares.

Quer saber mais sobre a técnica? Agende uma consulta no CEOPAR.