Limpeza de Implantes Dentários

Implantes dentários são capazes de devolver a autoestima e a segurança na mastigação em pessoas que perderam um ou mais dentes, contudo, exigem compromisso com as rotinas de higiene bucal para conservar a estética do sorriso e evitar uma série de doenças, como a mucosite (inflamação na parte interna da boca) e a peri-implantite (infecção ao redor do implante). Sabendo que uma boa higienização oral faz parte dos cuidados necessários para a preservação de implantes dentários, o Ceopar selecionou algumas dicas sobre limpeza de implantes dentários, confira a seguir!

Limpeza correta de implantes dentários

O sucesso do procedimento está diretamente relacionado à disciplina e aos cuidados com a higienização dos implantes dentários. Ao contrário do que possam acreditar, os implantes exigem os mesmos cuidados dedicados aos dentes naturais, afinal, a higienização inadequada leva ao acúmulo de placa bacteriana, inflamações nas gengivas e mucosas e, ainda, perda do implante. Portanto, observe, anote e pratique as dicas abaixo para caprichar na limpeza de seus implantes dentários!

  • Sempre escove os dentes, língua e gengiva após as refeições
  • Escove com movimentos suaves
  • Dê preferência às escovas de cerdas bem macias
  • Opte pelo modelo interdental ou unitufo para higienizar os espaços entre os dentes e os implantes
  • Utilize fio dental (e passa fio, se necessário) regularmente em todos os dentes
  • Use o enxaguante bucal indicado pelo dentista (alguns podem prejudicar o material da prótese)
  • Considere o uso de aparelhos com jatos de água sob pressão para limpar abaixo da prótese

Acompanhamento periódico com o dentista

Visitar o dentista regularmente é fundamental para manter a saúde bucal em dia. Em consultas revisionais, o profissional avalia a saúde do dente e da mucosa da região, providencia uma higiene oral mais profunda (profilaxia) removendo inclusive a prótese, realiza pequenos ajustes de parafusos e solicita exames radiográficos para monitorar os implantes e possíveis perdas ósseas.

O intervalo entre as consultas é decidido pelo dentista, mas, em geral, essas visitas costumam ocorrer a cada três ou seis meses. No entanto, qualquer sinal de adversidade indica a necessidade de encurtar esse período, a exemplo de sangramento ou alteração de cor nas gengivas ao redor do implante dentário, dor, inchaço e mobilidade do implante.

Cuidados para manutenção de implantes dentários

Além da limpeza diária e da visita regular ao dentista, a manutenção dos dentes implantados inclui mudanças nos hábitos dos pacientes. Mania de roer unhas ou de abrir objetos com a boca, bruxismo e tabagismo são alguns dos exemplos mais comuns de hábitos que podem comprometer o resultado do procedimento. Enquanto roer unhas, abrir objetos com a boca e bruxismo promovem o desgaste e trinca da estrutura das próteses, o tabagismo é uma questão ainda mais delicada, pois compromete a cicatrização óssea e deixa o paciente mais propenso a sofrer com infecções. Portanto, vale uma atenção especial nesses aspectos!

Quer saber mais detalhes sobre limpeza de implantes dentários?

Agende a sua consulta de rotina no Ceopar pelo número (41) 3338-7029 e conheça o nosso centro. Dispomos de uma infraestrutura completa e elegante, além de consultórios com equipamentos e materiais de última geração para oferecer excelência em tratamentos odontológicos. Conte com uma equipe altamente qualificada e compromissada com a saúde bucal de seus pacientes!

2020-07-24T13:40:34-03:00