Clareamento: À laser ou com moldeira?

Embora o clareamento dentário seja um tratamento estético extremamente seguro, consolidado e com alta demanda no país, ainda é comum os pacientes terem dúvidas sobre qual a melhor opção: o clareamento a laser no consultório ou clareamento com moldeira realizado, na maior parte do tempo, em casa. Diante disso, a equipe CEOPAR selecionou este tema para esclarecer a diferença entre os dois métodos, bem como apresentar as vantagens e desvantagens. Acompanhe!

Inicialmente, é imprescindível esclarecer que, em ambos os métodos, o clareamento dental ocorre por meio de produtos químicos como o peróxido de carbamida e o peróxido de hidrogênio, responsáveis por realizar uma reação química nos dentes e, assim, deixá-los muito mais claros. Esse tratamento é indicado na maioria dos casos em que o paciente deseja melhorar o aspecto escurecido ou manchado dos dentes em decorrência da pigmentação de alguns alimentos, como café, chocolate e ketchup.

Contudo, somente após a avaliação de um profissional é possível determinar a melhor opção entre o clareamento no consultório e o clareamento com moldeira, a combinação de ambos simultaneamente ou, ainda, a contraindicação desse tratamento, afinal, é preciso levar em consideração as particularidades de cada quadro.

Pacientes cujos dentes são naturalmente escurecidos, por exemplo, costumam reagir muito bem ao clareamento; enquanto dentes escurecidos por outras causas, como os manchados pelo uso de antibióticos, podem ser mais resistentes. Além disso, pelo fato de o gel não agir sobre resinas, pacientes com dentes muito restaurados, próteses e implantes podem não obter o resultado esperado, sendo preferível avaliar outras alternativas. Então, nada melhor do que solicitar uma opinião profissional.

Clareamento a laser ou moldeira, qual o melhor?

Bom, na verdade, não há uma resposta certa para esta pergunta, pois ambos os tipos são eficazes, isto é, apresentam ótimos resultados. A escolha do protocolo pode variar em função do grau de escurecimento dos dentes, sensibilidade e preferência do paciente pelo uso noturno ou diurno. Entenda mais sobre cada um desses métodos.

# 01. Clareamento dental com moldeira

A primeira etapa do clareamento com moldeira consiste em uma consulta odontológica. Em seguida, são providenciados os moldes superior e inferior dos dentes para que seja feita uma moldeira ao paciente. Concluída a confecção, em uma segunda consulta, o profissional faz os ajustes e transmite todas as orientações necessárias para a realização e manutenção do processo.

Dessa forma, em casa e sob a constante orientação do dentista, o paciente realiza o tratamento com a aplicação de um gel clareador. Quanto maior a concentração desse gel, mais rápidos são obtidos os resultados, mas é importante mencionar que isso também implica no aumento da sensibilidade dentária e por isso uma avaliação criteriosa do dentista para determinar a estratégia de tratamento ideal é imprescindível.

Esse procedimento dura 4 horas por dia, durante três a quatro semanas em média [favor confirmar a duração, pois há divergência na internet]. Apesar de ser um processo mais lento quando comparado ao clareamento a laser no consultório, para muitos pacientes, o clareamento com moldeira costuma ser considerado a melhor técnica por ser mais barata e menos agressiva, pois é realizada de maneira gradual e, assim, “ataca” a estrutura dentária aos poucos, sem deixar de garantir um resultado satisfatório.

# 02. Clareamento dental em consultório

Conhecido popularmente como clareamento a laser, a aplicação é muito simples: após preparo da boca e proteção da gengiva, lábios e bochechas para evitar queimaduras é aplicado o gel clareador diretamente sobre os dentes, permanecendo sobre essa superfície por cerca de 45 minutos. Concluído esse período, o produto é inteiramente removido e para potencializar o efeito branqueador, o profissional faz uso de luz ultravioleta ou laser.

Esse método é realizado, portanto, em consultório odontológico e sua duração pode variar de 3 a 4 sessões com intervalos de uma semana entre uma sessão e outra, a depender do grau de escurecimento e da expectativa do paciente.

Em termos de resultado, essa técnica se diferencia, pois em apenas uma sessão já é possível notar melhora. Por isso, é tido como a melhor solução para pacientes com pressa de terem seus sorrisos mais brancos. Mas atenção: por se tratar de uma técnica mais agressiva devido à alta concentração do gel, pacientes em gestação ou com dentes manchados, gengivite, cáries e restaurações em resina precisam de uma avaliação ainda mais rigorosa do dentista.

Afinal, qual é a melhor opção: clareamento a laser ou clareamento dental com moldeira?

Ambos os procedimentos garantem excelentes resultados individualmente, no entanto, somente o dentista é capaz de orientar a alternativa mais adequada para cada caso. Agende a sua consulta de rotina no CEOPAR pelo número (41) 3338-7029 para conhecer um dos melhores centros odontológicos do país e solicitar a sua avaliação.

Dispomos de uma infraestrutura completa e elegante, além de consultórios com equipamentos e materiais de última geração para oferecer o que há de melhor em tratamentos odontológicos. Conte com uma equipe altamente qualificada e compromissada com a saúde bucal de seus pacientes!

Anestesia sem dor

Anestesia sem dor O pavor da anestesia é algo muito comum entre as pessoas, porém, o que poucos sabem é que existe uma maneira [...]

Por |2020-07-15T13:35:54-03:00julho 29th, 2020|